de_forma's Blog

“Eu tentei criar uma experiência visual” April 9, 2011

E eu tentei recriá-la e fracassei.Mas vamos compartilhar na mesma as dores com os outros.

É impreterível que você entre com o tocador de mp3 ligado e sem deixar nenhum som externo o atrapalhar.Evite ao máximo que o ambiente externo o atrapalhe nesta sua odisseia.Um nível elevado de loucura é requerido para esta experiência,portanto se você não tem não prossiga a leitura.
Capítulo 1:
Esqueça os primitivos à superfície e desça a rampa em direção ao subterrâneo;não espere encontrar nenhuma superação de vida e nem ter nenhuma experiência metafísica neste trajeto,porque isto dificilmente ocorrerá numa estação de metrô*.
Nas pardes arredondadas das centrífugas repare nos azulejos vermelhos de banheiro que quase lembram a pasmaceira branca de um certo cenário de filme….tenha fé que você consegue imaginar o que eu digo!
Capítulo2:
No tédioso interior do recinto,aonde a máquina tem intereções mais interessantes do que dos humanos presentes,aguarde pela abertura da porta para entrar,entrando só depois que as duas portas de antecâmara se abrem;para sair você travará um diálogo épico para abri-la!
Olhe para as duas pessoas sentadas lado a lado no banco digitando sms cada uma com o seu celular.
Os leitores digitais marcam 14:55,e o ano é 2011,portanto se apresse senão morre de descompressão,dado o “bom” funcionamento do sistema.Ao lado outros visores marcam informações pouco relevantes,como o ganhador do BBB.Esqueça!Faça de conta que mostra as órbitas dos satélites de Júpiter!

Capítulo 3:
Fique no primeiro ou último carro e deixe a sua vista ser tomada pela brancura ofuscante e pelo artificialismo.Veja a perpectiva infinita da compisição do trem,a repetição de movimentos e curta o nada do lugar.Esta é a etapa mais fácil de recriar a experiência.Aumente o som do Strauss no seu MP3 mas antes de sair não deixe de contemplar o ruído do andar do trem…ele estranhamente pode soar como música se você deixar!Ouça isto por vários minutos…olhe para o movimento em relação à parede..olhe para fora..olhe para dentro!

Capítulo 4:
Desça e vá para o McDonald’s mais próximo ter a sua ceia metafísica.Se deixar cair alguma coisa ao chão não se preocupe em limpar.Você é um superhomem agora!


*Esta descrição foi feita com a linha 4 do metrô de São Paulo.Esta experiência em outra linha resultará num Deja Vu de velho oeste.

 

 
%d bloggers like this: